segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Cure-se! Pois Cristo necessita de trabalhadores curados para que possam auxiliar na sua vinha, porque o tempo é agora. Quando souber alçar voo, aí sim você terá condições de compartilhar aquilo que você tem. Adquira e tome posse do que é seu.



Voe, porque o tempo corre entre as nuvens e vem o sol e vem a lua, vem outro dia, outra noite e ainda continua sentado à beira do caminho, observando os movimentos dos que passam e quando menos você espera o peso das crenças e dos medos te faz pesado e não consegue mais alçar voos porque aquela asa que precisaria ser amor está sangrando. 

Cuide-se porque você é um ser único e consciêncial rumo à evolução. Como curar o outro se quem precisa de cuidados é Você? Olhe-se, observe atentamente os seus sentidos, o seu olhar, o seu falar, o seu agir, o seu pensar. Observe atentamente o seu sentir e quando conseguir reconhecer-se poderá expandir o seu olhar, poderá expandir a sua luz e alcançar o outro sem julgamentos, sem condenação. Enquanto julgas e condenas não tem braços para acolher. 

Seus braços estarão fortes quando fortalecer no amor e na benevolência, quando não conseguir tirar a trave dos seus olhos, e poder olhar com ternura o outro, que como você ainda Sangra! 

Cure-se! Pois Cristo necessita de trabalhadores curados para que possam auxiliar na sua vinha, porque o tempo é agora. Quando souber alçar voo, aí sim você terá condições de compartilhar aquilo que você tem. Adquira e tome posse do que é seu. 

Está aí é só você alcançar - e quando conseguir vai lá e ensine o seu irmão, para juntos alçarem voo,  afinal, somos um só no amor, acolha-se e depois sim acolhe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário