domingo, 23 de fevereiro de 2020

O estudo e o autoconhecimento nos permitirão olhar para dentro de nós e encontrar o ponto de equilíbrio entre o sentir e o expressar.


Que a família universal seja acolhida e amparada, dentro do coração de cada um de nós, permitindo que o amor floresça e nos envolva! Dessa forma, já estaremos no caminho pleno da fraternidade.


O retorno às atividades deve ser comemorado e compartilhado entre nós em forma de amor e comprometimento com abençoado trabalho.
Trabalho este que nos permite o aprendizado e o autoconhecimento, que aos poucos tem nos feito crescer e evoluir. Devemos ter sempre em mente que o esforço para nos conhecermos começa sempre de dentro para fora e é buscado constantemente. Por isso é que mais plenamente poderemos auxiliar aos que nos procuram, às vezes tão sedentos de palavras de conforto. 
Muitas vezes parece pesada e até repetitiva as nossas conversas, mas elas se fazem necessárias para que ocorra a internalização de tudo quanto tem sido dito e estudado.  Noto, muitas vezes, que muitos de nós é bastante rebelde com relação ao aprendizado, principalmente o colocar em prática aquilo que se diz. Não digo isso como crítica e sim como um alerta a muitos que muitas vezes se portam de uma forma diversa daquela que a boca expressa.
O estudo e o autoconhecimento nos permitirão olhar para dentro de nós e encontrar o ponto de equilíbrio entre o sentir e o expressar.  Caminhamos ainda de uma forma lenta em direção à máxima expressão do sentir, entretanto temos percebido o esforço de muitos em direção ao verdadeiro sentir que nos deve mover, para fazer crescer em nós os sentimentos verdadeiros que farão com que a nova terra seja uma grande fraternidade.
Que a família universal seja acolhida e amparada, dentro do coração de cada um de nós, permitindo que o amor floresça e nos envolva! Dessa forma, já estaremos no caminho pleno da fraternidade.
Deus e Jesus abençoe a todos!

José                                            Mensagem Psicografada no C. P. L. em 16-02-2020


Um comentário: