segunda-feira, 15 de abril de 2019

Estão retornando nas delícias dos lugares que um dia foram expulsos! São merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior, de mais belo . E na certeza de tudo isso, vão espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que remetem a prisão.

São  merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior ede  belo . E na certeza de tudo isso, vão  espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que  remetem a prisão.



Imbuídos no amor infinito que nos entorpece nesta noite, aqui estamos com vocês, embevecidos nos ensinamentos que aos poucos vamos nos empoderando e também entendendo as verdades do despertar.  Planeta prisão!  aos poucos abre as algemas e as suas celas e seus filhos retornam ao Jardim de Éden

Estão  retornando nas delícias dos lugares que um dia foram expulsos!
São  merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior, de mais belo . E na certeza de tudo isso, vão  espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que  remetem a prisão.

Libertem-se, filhos da luz! Libertem-se dos sentimentos que já causaram tantas dores, que fizeram julgados e julgadores, libertem-se das amarras da dualidade, que enfurece o seu pensar e lhes trazem indignações infrutíferas a ponto de verterem lágrimas e doer seu coração. Vocês não merecem mais isso! Basta! olhem  para o seu coração que já sofreu dores e  não quer mais martírios! Chega de  caminharem pelos   mesmos  caminhos de outrora  amarrou sua história e retrocedeu o seu  caminhar.

Estão  retornando nas delícias dos lugares que um dia foram expulsos!
São  merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior, de mais belo . E na certeza de tudo isso, vão  espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que  remetem a prisão.
Sofrimentos  não pertence mais a  história de vocês.  Já possuem a caneta e o papel de belíssima qualidade para escreverem uma nova  história.
 Hoje é dia em que a luz comemora o retorno  do seus filhos ao jardim de Édem.


Estamos em festa, o diálogo preliminar que tiveram acordou também uma grande plateia no mundo dos espíritos, que entendeu o quanto de amor é preciso para ser feliz, despertou consciências que ainda dormiam na angústia da culpa e da espera dos resultados do sofrer.

Avante filhos da luz!

Não temos mais tempo para derrapar nos lamaçais da lamúria e da culpa.

Sigamos!

Saulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário