domingo, 14 de abril de 2019

Estamos a cada dia nos descobrindo como seres que merecem a felicidade, e para isso a condução de nossas vidas por caminhos mais leves e livres dos pesados fardos que nos foi impostos, nos conduzirá fatalmente a esse encontro tão esperado com o Eu superior o Deus em nós.






Diante de tudo que temos aprendido podemos hoje nos considerar como os grandes criadores de nós pois tudo depende de nós de nossas escolhas,  já foi o tempo em que acreditava-se que os fatos ocorridos eram coisas do acaso, hoje não mais.






O bem maior que podemos fazer é aquele que fazemos a nós mesmos.
 Comecemos então a olhar com carinho para cada atitude que tomamos em relação ao que nos envolve, e com  olhar cuidadoso analisemos cada sentimento envolvido e acolhamos este sentir, dessa forma cresceremos de dentro para fora, e se formará em nós um elo de forte ligação com nosso Eu superior que analisado com isenção de crença,  passa a nos guiar em nossas atitudes e a nos conduzir por caminhos cada vez mais libertadores.
O olhar que aprendemos ,até então, tão crítico em relação ao que nos parece diferente de nós, nos tem conduzido, muitas vezes, a profundo sofrimento que não mais se justifica,  visto que já possuímos a capacidade de análise, e o conhecimento para leitura do que nos rodeia e do nosso mais profundos ser. 
Estamos a cada dia nos descobrindo como seres que merecem a felicidade, e para isso a condução de nossas vidas por caminhos mais leves e livres dos pesados fardos que nos foi impostos, nos conduzirá fatalmente a esse encontro tão esperado com o Eu superior o Deus em nós.
 Sejamos  um foco de luz, procurando primeiro iluminar em nós as nossas trevas e depois iluminar aqueles que nos rodeiam, desta forma conseguiremos atingir  as metas de felicidade que temos buscado ao longo de nossa caminhada.
 Mas estejamos  cientes que isso depende única e exclusivamente de nós, que o caminho a ser seguido poderá ser mais ou menos longo ou curto.
 Diante de tudo que temos aprendido podemos hoje nos considerar como os grandes criadores de nós pois tudo depende de nós de nossas escolhas,  já foi o tempo em que acreditava-se que os fatos ocorridos eram coisas do acaso, hoje não mais.
Que tenhamos força e fé para resistir aos nossos sentimentos de menos valia, e  que possamos nos olhar mas amorosamente.
Que Deus e Jesus abençoe a todos. 
José.
Psicografia 07/04/2019 CEPL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário