sábado, 28 de julho de 2018

Aprendiz da vida e do Amor deixas o que não significou e começa no alvorecer do despertar interior e recomeça no Amor virtude essa divina e que sabes bem como senti-la e orientar-se a partir dela que chegarás aonde precisas e pode com tudo na significância dos sentimentos nobres.



 



Aprendiz da vida e do Amor deixas o que não significou e começa no alvorecer do despertar interior e recomeça no Amor virtude, essa divina e que sabes bem como senti-la e orientar-se a partir dela, chegarás aonde precisas e pode com tudo na significância dos sentimentos nobres.




Que o amor em suas manifestações seja o valor que se é dado. No seu entendimento e suas características próprias e nos conflitos a que se convém e o discernimento de algo que nos cumpre adentrar nos compromissos que ora se assume sem as controvérsias do momento esperado e já pronunciado no âmago do sentir e viver intensamente o que se tem dito, pois no momento seria desnecessário tanto aparato para o devido esclarecimento sendo que tal fato seria desmerecido diante dos conflitos interiores que apresenta diante daquele que pouco ama e direcionou para as vivências diárias cotidianas sem o alvorecer dos sentimentos este sentido no mais profundo querer, atributo que impulsiona o Ser para desenvolver as aptidões interiores sem a nostalgia do querer que apresenta e possa anunciar o que se propõe diante das possibilidades que juntas não desenvolveria. O parecer dual e completo desde que o Ser caminha para o necessário, este que apresenta no despertar de cada um. Que seja salutar o aprendiz fazer-se intenso em seus sentimentos para que possa ansiar nos desejos de se caminhar com as suas próprias diretrizes do pensar amoroso, para que depois se situa no entendimento para que se possa internalizar suas reais aptidões, este que possa mencionar no entendimento que se caracteriza entre as virtudes que possa conquistar, nos desígnios que apresenta sem o medo a culpa empecilho que deixa estagnado o aprendiz que direcionou até então no caminho amoroso proposto por ele mesmo.
Sabendo agora das diretrizes que se conquistou e amparou para Si segues o viajor atento as conquistas feitas por ele e propõe ao caminho do Amor que tanto desejou. No passar das emoções atônitas e desconfortáveis sente o carinho e o amparo das luzes que caem sobre ele. Nesse vazio que um dia instalou e que não é do Ser que ama vem no entendimento o que o impulsiona para o Sentir amoroso. A diferença estaria nas mais diversas necessidades que passou e que por ora deixa de pensar como quem já não se viu adentrar em suas mais sábias emoções que desejou e conquistou. Nesse intenso falar interior e pensar com Amor se vê no Ser que começa a sua própria iluminação e irradia no ápice do encontro Crístico e Uno. Aprendiz da vida e do Amor deixas o que não significou e começa no alvorecer do despertar interior e recomeça no Amor virtude essa divina e que sabes bem como senti-la e orientar-se a partir dela que chegarás aonde precisas e pode com tudo na significância dos sentimentos nobres.
Com isso será o que sempre recomeça e aprende na serenidade do amor amado, entendido e sentido na imensidão dos céus, esse também céu interior porque é ele que os dirige e acalma as turbulências do seu caminhar. Amor característicos dos que ama e dissipa para as mais belas distâncias desejadas e assim sendo será acalmado todos os sentidos do Seres que desperta cada um no seu entendimento e sentimento.


Charles

Nenhum comentário:

Postar um comentário