domingo, 24 de junho de 2018

O que buscamos está em nós, precisamos aprender a ler o nosso coração e SER pois aprendizes do amor



O amor, sentimento abrangente e profundo,aos poucos está tocando o coração dos homens. Quando esse sentimento invadir o SER de toda a humanidade é chegada a hora da revolução, revolução do bem frente a todo sentimento inadequado ao nosso caminhar rumo a imortalidade que tanto cantamos e pouco compreendemos.  Caminheiros que somos de vida a vida procuramos aprender sentir e vivenciar o maior de todos os  sentimentos. E assim vamos caminhando  a passos lentos mas constante à procura de nós mesmos, descobrindo a cada dia o que nos move rumo ao nosso aperfeiçoamento, procurando em cada sentir a resposta interior que tem a nos mostrar, e assim buscando ao longo dessa caminhada um encontro com o nosso eu interior. Sejamos persistentes no nosso querer e nosso sentir refletirá em nossas obras que executadas com amor nos levará ao crescimento cada vez maior. O que buscamos está em nós, precisamos aprender a ler o nosso coração e SER pois aprendizes do amor como todos  nessa caminhada, devemos nos ler para poder compreender e amparar aqueles nossos irmãos de Jornada que como nós lutam dia a dia para se melhorarem. Sejamos mais, sejamos amor em nossas atitudes e ações ensinando pelo exemplo espalhando pelo conhecimento adquirido o grande bem e dom a nós concedido.
Que Deus e Jesus abençoe a todos.
José

E lembre-se: você nunca está só. Nunca está desamparada. Você é mais amada do que pode imaginar. Se liberte e deixe sair um diamante, puro, brilhante e valioso que sempre esteve ai, dentro de você.







Minha filha querida!
Porque sofres tanto assim? Por que cultua sentimentos dos quais já deveria ter se libertado há tantos séculos? Não vê que você é um diamante bruto, um diamante negro e valioso. Porém inerte em baixo de camadas e camadas de terra densa?
É hora de lapidar-se. Lapidar-se é deixar cair todo o peso inútil que você carrega minha filha. Ele já não é mais útil pra você. Livre-se desses sentimentos que te prendem a um passado que não há como mudar e a um futuro apegado em tudo o que poderia ter sido, mas que não foi. E nunca será.
Viver o hoje da melhor maneira que puder é plantar para você e para os seus um futuro em que a colheita será farta e abundante. Não materialmente, pois esses ganhos são temporários, mas emocionalmente, espiritualmente, com uma colheita de virtudes que jamais irão se apagar.
Você não pode impedir o livre arbítrio de seus filhos meu amor, eles são espíritos livres e independentes. Cresceram sob sua influencia moral e tiveram aprendizados que estarão para sempre impregnados nas suas consciências. Você fez o melhor que pode com as poucas ferramentas de que dispunha.
Agora precisa deixa-los viver, fazer suas escolhas. Resgatar suas dividas e pagar os seus débitos. O sofrimento ainda é necessário para o aprendizado. Isso é evoluir, isso é se preparar para que algum dia há alguns anos ou décadas, o sentimento de amor predomine, o orgulho se esvai, o egoísmo dá lugar a caridade. Sem vícios e sem limitações morais. Mas hoje, minha irmã, hoje eles tem que viver. Viver as maravilhas que a vida oferece e aprender a equilibrar-se entre as escolhas e as consequências dos seus atos.
E a você cabe amar, amar sem esperar nada em troca, amar sem esperar obediência, amar sem poréns. E dizer a eles: “se tudo der certo fica a sensação do dever cumprido, mas se tudo der errado valeu o aprendizado. Mamãe estará aqui, seja qual for o final dessa historia.”.
Se sua mãezinha não lhe deu o amor que precisava e merecia, não sufoque os seus filhos com esse seu amor imenso, mas autoritário e inquisidor. Do mais, minha filha, perdoe. Perdoe todos àqueles que erraram e ainda erram com você. Ao tempo deles estarão cara a cara com os frutos de sua semeadura.
E lembre-se: você nunca está só. Nunca está desamparada. Você é mais amada do que pode imaginar. Se liberte e deixe sair um diamante, puro, brilhante e valioso que sempre esteve ai, dentro de você.
Com amor

Vó Quitéria

Centelha divina que esparge luz por onde passa. Assim seremos, assim seremos! Na caminhada evolutiva que nos acomete, sentimos cada vez mais perto do sentimento Supremo: o amor!




Centelha divina que esparge luz por onde passa. Assim seremos, assim seremos! Na caminhada evolutiva que nos acomete, sentimos cada vez mais perto do sentimento Supremo: o amor!
Adentrar as coisas que nos fazem bem, sempre nos convida ao retorno para realizações edificantes. Que nos eleva e nos salta para outras paisagens e quando o salto acontece não nos vemos mais como o antigo. Este que já passou por tantas dores, sofreu e não pretende mais retornar para tal retrocesso. Agora já livre de amarras antigas que hoje não tem significado, segue feliz, pois sabe e entende que é dono de seu fazer, já consegue criar os seus dias com base no sentimento maior que sempre esteve lá, mas não sabia identificar e nem ler nas entrelinhas do coração as informações divinas.
 Agora, livre, porém com algumas cicatrizes sabe como fazer para livrar-se de cada uma que surgir, sabe tonificar a dor que hora aparece, e muito mais, consegue acolher e transmutar aquilo que machuca. E na caminhada que segue rumo ao belo e ao bom, vai retirando do ser, pouco a pouco as mazelas antigas até alcançar a luz que tanto sonhou, a luz que pousou na felicidade. 
Saulo

Sintamos unidos nesse laço de amor, nesse feixe de luz que do mais alto irradia e nos aquece.




Queridas amigas, almas irmãs que se entrelaçam em ideias afins, nessa noite fria, um aconchego único nessa casa de amor que abraça a todos nós. Sintamos unidos nesse laço de amor, nesse feixe de luz que do mais alto irradia e nos aquece.
Juntos somos um só, em vibração de paz, buscando, cultivando nosso aprendizado e Progresso, com o mais sublime ideal de acolher aqueles que nos procuram e esperam compartilhar conosco suas angústias, dúvidas e vazios deixados pelos seus que já partiram da experiência da carne. Sejamos sempre gratos por esta oportunidade de doação de amor e consolo. Um dia também poderemos precisar buscar por este socorro.
Ouçam sempre, onde quer que estejam por este clamor de amor e de afeto que nosso planeta tanto precisa e acolham. Acolham com seus braços gigantes, com o coração transbordando de alegria por poder acolher e com a certeza de que são ferramentas a edificar para o que vão colher no amanhã.
Recebam a luz, trabalhem e reconheçam esta luz e a mantenham acesa, pelo próximo e por vocês mesmos. Perseverem em seus estudos e seus esforços. Fique em paz. 
Maria Izabel

sexta-feira, 8 de junho de 2018

MENSAGEM DA VOVÓ DITA

Minha menina..."Você não é responsável por mudar quem você ama, mas é responsável por mudar você, para que suas atitudes te autorizem  a exigir respeito e proteção."




Tenho acompanhado o desenrolar dos seus dias e observado atentamente seu despertar. Minha filha! É preciso que entendas que cada um tem seu tempo. A cada um é dado a chance e o livre arbítrio de mudar ou não o rumo de sua existência.
Todo esse sofrimento, essa agonia, todo esse sentimento de fracasso cairá por terra na medida em que se der ao direito de viver uma nova vida, um novo recomeço, com a mente serena, sabendo que suas atitudes lhe dão a sensação de dever cumprido.
Jesus nos prometeu as ferramentas meu anjo, jamais nos prometeu o comodismo daqueles que colhem os frutos que outros semearam. A cada um é dado seu tempo, e o seu progresso será proporcional a sua força de vontade e o seu querer.
Você não é responsável por mudar quem você ama, mas é responsável por mudar você, para que suas atitudes te autorizem  a exigir respeito e proteção.
Sabendo que a evolução é individual, peço minha filha, que perdoe, perdoe sempre e se apiede daqueles que não entenderam e não despertaram para uma vida plena.
Te amo e estarei sempre com você...
Vó Dita

MENSAGEM PSICOGRAFADA NO U. E. ALLAN KARDEC EM 01/05/2018

Na sutileza do aprendizado o nosso ser vai conseguindo desvencilhar-se de tudo e qualquer resquício não desejados, quando o próprio indivíduo não alimenta das suas opiniões que não merecia apreço.




Na sutileza do aprendizado o nosso ser vai conseguindo desvencilhar-se de tudo e qualquer resquício não desejados, quando o próprio indivíduo não alimenta das suas opiniões que não merecia apreço.


Sugeridas as possibilidades emocionais, as sensações amenizadas e com a concordância dos fatos esclarecidos, retoma o sujeito a superar-se das angústias cristalizadas nos sentimentos que o machucou e poderia  resolver tantas manifestações expostas na qualidade do favorecido das opiniões
que esclareceu, edificou o seu caminhar, agindo assim supostamente qualificaria melhor as suas decisões que constantemente poderia atormentar.
Na sutileza do aprendizado o nosso ser vai conseguindo desvencilhar-se de tudo e qualquer resquício não desejados, quando o próprio indivíduo não alimenta das suas opiniões que não merecia apreço. Certo de suas manifestações, em que poderia ser recorrente vai na caminhada da consciência desperta para o alvorecer de novas ideias e pensamentos condizente o seu momento de ser agora.
Livres manifestações seria necessariamente tudo aquilo que não lhe pertence mais, pois não faz falta na comedidas decisões do agora que viveu na conclusão do objetivo,desejo de ver nas suas imediações ou conhecimento que vai guardando nas esferas mentais profundas e adentrando no concluo momento internalizado, segundo as suas lembranças mentais, mas desfazendo de toda e qualquer manifestações onerosa.
Na qualidade do ser amado que escolheu o Amor e a qualificação necessária, para que possa prosseguir na caminhada a contento de suas colocações amorosas, que acertadamente conseguiu seguindo o seu olhar nas colocações prazerosas da vida.A conquista interna na importante caminhada do ser nas imediações sentidas e agora nas esferas profundas do conhecimento sentido.
Amado é o momento que ressurgiu do amor acalentado na suprema transparência do olhar afetivo de quem cuida, nas orientações das maiorias assistidas na plenitude das observâncias, pois a partir do momento que o ser adequou-se ao seu estado mental de ver e sentir suas necessidades edificantes, seguramente alcançará a magnitude do amor escolhido e muito mais acolhido para sua perpetuação mental de aprendizado, colaborando assim mutuamente, consigo mesmo e com a evolução planetária, assistida pelas esferas superiores que abraça a todos na qualificação dos filhos amados e escolhidos para estarem na perpetuação do Cristo Consolador, das manifestações afetuosas do pensar unânime,  e na complexidade das mentes que entrelaçadas está, para evolução necessária de cada um.

A melhor lição para aquela existência quem me deu foi Sansão. Sansão me ensinou que cada um dá o que tem: eu só tinha revolta e violência... Sansão só tinha amor... E mais, aprendi a perdoar.


A melhor lição para aquela existência quem me deu foi Sansão. Meu cão me ensinou que cada um dá o que tem: eu só tinha revolta e violência... Sansão só tinha amor... E mais, aprendi a perdoar. 


Há algumas décadas atrás vivia eu em um grande campo de uma cidadezinha italiana. Nessa propriedade eu e meus pais éramos funcionários de um administrador rico e cruel. Quantas não foram as humilhações por ele impostas... Meu pai, como dependia desse trabalho não reagia, abaixava a cabeça e silenciava a voz. No entanto foi morrendo, morrendo não fisicamente, mas morrendo para a alegria, para o riso , para a família. Já não cantava, já não tocava seu instrumento de sopro. Mamãe , percebendo o que acontecia, perdeu também o brilho no olhar. Eu fui alimentando dia a dia meu ódio e minha revolta e como era pequeno e franzino, acabava tremendo de desespero a cada vez que escutava os passos do senhor pisando as madeiras de nossa velha casa. Emudeci, fechei-me em meu mundo e só pensava em uma coisa: um dia vou me vingar por tudo o que passamos. E serei cruel. Nessa época Toda vez que ele me via chegando ele ficava tão feliz! Vinha se remexendo, abanando sua cauda... Pulava em mim, me lambia, se encostava entre as minhas pernas. Quando menos esperava desferia o golpe. Eram chutes, tapas, xingamentos. Sansão chorava grunhindo baixinho e saia correndo. Durante anos repeti diariamente esse comportamento hediondo e Sansão em todas as vezes vinha para mim da mesma forma, como o mesmo carinho, com a mesma alegria. Cachorro burro! – dizia eu. Hoje, após muitos sofrimentos e resgastes merecidos posso olhar para trás e perceber que a melhor lição para aquela existência quem me deu foi Sansão. Sansão me ensinou que cada um dá o que tem: eu só tinha revolta e violência... Sansão só tinha amor... E mais, aprendi a perdoar. Mesmo tendo sofrido sempre ele sempre me dava uma nova chance de a partir daquele dia ser diferente, ser melhor. Sansão me ensinou também o amor puro, o amor evangélico, o amor que ama , ama e só... Sansão não me julgou não me avançou e nem me mordeu. Nunca pagou na mesma moeda. Nunca revidou. Hoje, olhando para trás vejo que Deus age de formas mais diversas quando envia amigos para ajudar com as nossas provas. Infelizmente na maioria das vezes não percebemos. Até hoje procuro por Sansão, mas sei que ele habita lugares bem melhores do que esse em que estou. Peço a Deus que em futuro eu possa ser abençoado e conviver com um anjo de quatro patas chamado Sansão.Com carinho

.Ernesto

Mensagem psicografada, em 06/06/18, na U.E. Allan Kardec


sexta-feira, 1 de junho de 2018

Não temas, apenas amem. O medo desestrutura o seu sentir e julgamentos preconceituosos não ilumina caminhos


Não temas, apenas amem. O medo desestrutura o seu sentir e julgamentos preconceituosos não ilumina caminhos
Aquilo que muitas vezes olhamos e percebemos como caos é apenas um caminhar.


O caminhar tem espinhos que às vezes é necessário atravessarmos e faz parte da estrada. Não se desesperem pelos acontecimentos do porvir, às vezes estereótipos de fatos passados, de dores de outrora, 
não se reproduzirão no futuro tal como aconteceu no passado.
Ame e envie energia de amor para aquele que vier a conduzir a sua pátria, não temas; pois não imaginas o quanto existe de trevas que ainda assola a governança dos dois extremos.
A liberdade foi dada, mas não foi bem aproveitada. Não queremos aqui causar pânico, mas serenar seus corações que veem apenas um lado da face. Queremos alertar que seja quem for que irá governar a sua nação acolha amorosamente. Não temas, apenas amem. O medo desestrutura o seu sentir e julgamentos preconceituosos não ilumina caminhos. Se a reforma é preciso, confie que diante das trevas que assola a sua nação existe um propósito muito maior que a maioria desconhece. Apenas confie, ore e acolha sem julgamento.
Um amigo.