terça-feira, 1 de maio de 2018

Mãos que acalma o outro, caneta de luz que emociona e acolhe. Bendita ponte que ameniza saudades que dói, conforta e acalma os corações saudosos e aflitos dos dois lados.






Mãos que acalma o outro, caneta de luz que emociona e acolhe. Bendita ponte que ameniza saudades que dói, conforta e acalma os corações saudosos e aflitos dos dois lados. 

São os pequenos momentos que mesmo aquele que é protagonista do ato não tem a ideia e a importância da grandeza e que poderá eternizar- se. E neste cenário repleto de luzes e flores, percebe-se entre os abraços apertados sentimentos em lágrimas nas letras que escorrem pelo papel.
 Mãos que acalma, caneta de luz que emociona e acolhe. Bendita ponte que ameniza saudades que dói, conforta e acalma os corações saudosos e aflitos dos dois lados.  Benditos canais, canais que graciosamente atravessam o túnel da saudade e alcançam os amores em saudades. 
Que a beleza de cada ação embelezada com o sol os adornos do amor, compaixão e gratidão possa ser eterno e gravar para sempre na consciência dos espíritos imortais que habitam os dois lados,  eternizando o sentir amoroso que funde-se e esparge luzes para todo o sempre. 
Renato

Ofereço a cada um os meus melhores sentimentos. E que a paz se faça presente na sua terra amada, eternamente.






Nesse momento espaços são modificados, histórias tomam um rumo que podem com certeza ter um final feliz! Amados do meu coração, hoje a minha mensagem é de gratidão.


Neste momento de intenso amor raios de luzes azuis saindo os corações amorosos de cada um de vocês. Atingindo lugares sombrios de sua cidade.
 Lugares onde a dor se faz presente e esta amorosidade sentida é transformada em bálsamo consolador. Ah queridos e amados irmãos a terra se faz Cada vez mais Bela e singela graças irmãos como vocês que se unem em nome do amor e realizam esse magnífico trabalho. 
Não estou aqui por conta da vaidade, nem minha e nem de ninguém. Mas por conta do amor que trazem nos corações que faz os nossos corações ser um em Cristo, pois energias Crísticas se enchem no DNA de cada um de vocês. E nesse momento espaços são modificados, histórias tomam um rumo que podem com certeza ter um final feliz! Amados do meu coração, hoje a minha mensagem é de gratidão.
Gratidão amorosa. Ofereço a cada um os meus melhores sentimentos. E que a paz se faça presente na sua terra amada, eternamente.
Saulo.

Quando as manifestações amorosas chegam de mansinho, acompanhadas do crescimento intelectual adquirido através das expectativas criadas por nós, temos o acolhimento necessário para as posteriores



O sentimento do qual falamos e agimos, seguramente é o que buscamos, nas incessantes variações do nosso humor, associados na alegria do despertar íntimo que tanto buscamos.



Quando as manifestações amorosas chegam de mansinho, acompanhadas do crescimento intelectual adquirido através das expectativas criadas por nós, temos o acolhimento necessário para as posteriores, que vamos intercalando com procedimentos no qual seguimos com a intensidade principiando as alternativas simples, mas permanentes no contexto das conjecturas amorosas sucessivas. Nas impermanências vamos adestrando as variedades sem muitos esforços, nesse espaço que ocupa sem as vivências nas qualidades afetivas diferenciadas e também sem especulações vantajosas. E seguindo esse caminhar, vai colocando as verdades que conseguem projetar em devaneios próprios e mensurados na vida, da qual as escolhas não tem introjeções adequadas. Desmensurada, no entanto, vai perdendo as velhas características. E nas percepções, é sempre o motivo das escolhas no qual lançou-se nos projetos em nome de algo especial, em tantos momentos de divagações desencontradas. Quando sem necessidade vai agindo assim, provavelmente seria sem qualificações que desmensuradas estás, no entendimento distanciado e enfraquecido. Seguramente vai conseguindo em suas teias de amargura e ilusões que adentram,  não tendo o penhor da igualdade de sentimentos vultuosos. 
Não queiras que imaginações sejam as escolhas, mas nas manifestações condizentes na interessante teia de virtudes amorosas e sentimentos assim, seria na especulação do bem sentir e bem viver. Condiz nesse momento, o calor das manifestações que vão sendo subjugadas nas tantas incertezas e não nos descaminhos do qual sente parte dessas conquistas, razões pelas quais vai aprofundando sem ser nas semelhanças das divagações. Nesses instantes de contentamento íntimo, não podemos deixar o enfermiço tomar conta e nem as nossas lamentações onerosas. O que vai se tornando seria indispensável, e tanto é assim que nas virtudes escolhidas para adentrar nesse momento, deixa de ter valor.  Valores no sentimento moral, na sensibilidade já conduzida pelas variações de pensamento, na maioria abstrato do sentir, mas na vida vivida ele seria o escolhido dentro das tentativas de acertos e nas adequações da matemática externa, que seria singular na similaridade, não na exatidão da qual ela propõe. Nas condições almejadas, às vezes, sentimentos assim, na positividade da escala periódica e na necessidade seguinte do raciocínio concreto, na qual as vertentes ainda a compõem. No entanto, as variações das quais exaurimos, seria no processo do despertar das formas concretas por aquelas de raciocínio lógico e adequado. 
Mas no sentimento sentido, do qual falamos e agimos, seguramente é o que buscamos, nas incessantes variações do nosso humor, associados na alegria do despertar íntimo que tanto buscamos. Sim, esse sentimento que estamos emergido, enquanto amor verdadeiro, é a busca correta para o Ser de amor, que no momento se auto descobriu e vivenciou o belo, nas equações do seu bem viver. Nas entrelinhas traçadas por si só, é o motivo a mais para esse percurso, do qual ainda sente que as paixões variáveis não se encontram, mas no amor verdadeiro, o qual o Pai criou e instalou no Ser essencial de cada um de nós, na dimensão do sentir, no abstrato, no concreto, em todas as atividades que vivencia na busca do novo.  Novo Ser de amor emergido da luz.  
Charles.

Mesmo estando percorrendo em caminhos equivocados, a tendência, o destino é sempre retornar para o amor


Sublime mesmo é encontrar o sentimento maior e seguir de braços com ele, pois a leveza que nos assegura, que os nossos braços transformem em asas.


A consciência que inicia seu despertar sabe das responsabilidades que carrega dentro do seu espírito imortal e que a persona adquirida na existência atual tem compromissos de seguir na luz, mesmo percorrendo em equívocos e angústias momentâneas. 
Momentos passam, mas o amor sempre fica. O amor é sentimento que nunca deixará de existir e sempre irá permanecer como essência.
 Uma brasa que assoprada pelo vento dos sentimentos puros as suas cinzas da imperfeição se dissipam e então retornam a resplandecer em luz.
 Mesmo estando percorrendo em caminhos equivocados, a tendência, o destino é sempre retornar para o amor, no qual todos estamos condenados. 
Sentimentos ilusórios existem, usamos como máscara para nos proteger dos nossos próprios equívocos. Mas sublime mesmo é encontrar o sentimento maior e seguir de braços com ele, pois a leveza que nos assegura, que os nossos braços transformem em asas, para seguirmos voando na alegria da evolução amorosa que nos aguarda 
Saulo