sábado, 17 de junho de 2017

As palavras que precisamos deixar hoje são súplicas do Plano superior em benefício daqueles que padecem do mal da ambição e vaidade.

Queridos irmãos trabalhadores da paz, as palavras que precisamos deixar hoje são súplicas do Plano superior em benefício daqueles que padecem do mal da ambição e vaidade. Já foi dito aos amados irmãos que nossa pátria amada juntamente com o planeta passam por profundas transformações, não mais existirão mistérios, máscaras, o expurgo da imoralidade, do desamor e de todas as chagas que habitam nosso planeta está ocorrendo e ainda teremos longas datas para a conclusão dessa etapa. Pedimos aos amados que não cultivem a energia do ódio e revanche, substituam os sentimentos contrários à compaixão, os comentários odiosos àqueles governantes que, infelizmente, falharam na missão nobre que lhe foram confiadas, são irmãos que já padecem a dor do fracasso moral, necessitam de preces amorosas para suportar o sofrimento da culpa e a expiação fracassada, não os julguem, todos já passamos por inúmeras provações das quais fracassamos e fomos perdoados pelo Criador, lembremos sempre do exemplo genuíno do Mestre Nazareno que mesmo na cruz elevou-se e pediu ao Pai o perdão aos seus algozes, pois eles não sabiam o que faziam. A energia que vislubramos no nosso amado Planeta é densa, para que possamos atravessaar essa barreira precisamos nos guiar pelas luzes da oração amorosa dos amados trabalhadores da última hora, no Plano de Deus não há acasos, estão todos colocados estrategicamente no lugar certo, no momento certo para que pudessem cumprir o papel de cendeeiros, brilhem meus queridos, sois luzes que precisam brilhar para nos guiar até o socorro, nunca estiveram sós e jamais estarão, são todos possuidores do poder da transformaçaõ, não deixem de brilhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário