terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Continuar a caminhada

 
 
 
 
Continuar a caminhada
Sabemos que nosso tempo é limitado nessa terra que habitamos.
Na maior parte, tanto na erraticidade quanto na vida de encarnado, há um tempo maior ou menor. Um tempo que é determinado pelos nossos acertos, pela forma como vivemos e morremos –
Assim nem ficamos pra sempre em lugar nenhum.
A vida continua tanto lá como aqui. Recomeçá-la é o mais difícil.
Ao viver a separação de quem amamos, daqueles que se vão de nosso lado, toda uma dor nasce em nossos corações.
Mas também quem parte se percebe só, numa vida totalmente nova, onde o amor é a moeda para tudo que revivamos, para que retomemos a vida que um dia deixamos lá –
Da mesma forma que lentamente, os que aqui estão delicadamente guardam em suas memórias os amados que se foram, os que se foram guardam com toda a ternura em seus corações aqueles que ficaram, e aos poucos retomam sua vida espiritual.
É preciso que aconteça assim – que da parte dos dois mundos, encarnados e desencarnados ocorra a desvinculação.
Não é o esquecimento, nem é o abandono – é o desapego necessário para que todos continuem sua caminhada.
Deus iluminará o caminho de cada um – os mentores, os anjos de guarda lá estarão a cada passo do caminho com amor e dedicação.
 
Gabriel
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário