quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Dor, Grande mestra!



Dor, Grande mestra!



Quando a dor bater em nossa porta, não podemos nos esquecer que a bondade divina nos dá recados através desta ferramenta.

Grande mestra! Ensinando-nos a valorizar os doces momentos de alegrias que nunca apreciamos quando estamos vivenciando. Que corrobora a refletir sobre os efeitos e as causas das nossas angústias. Nos leva a pensar quais os caminhos que devemos traçar para que ela não retorne. Dor! grande atalho para o nosso processo evolutivo.

Não devemos venerar a aflição, mas, se porventura, bater em nossa porta, vamos trata-la com sabedoria para que venha, não como inimiga, mas como colaboradora do nosso evoluir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário