domingo, 22 de maio de 2011

O LADO DOCE DA VIDA



Veste-se com humildade e ilumina-se com alegria para Receber aquele que um dia irá chamá-la de: MÃE!
Desdobra as noites frias para dar o alimento de seu liquido bendito que jorra do peito feito gotículas de amor, mostrando com ternura o lado doce da vida, nos braços o afago nos lábios as cantigas sublimes que entoa ninando ser indefeso. Sonha, faz plano... E reage cada vitória de seu rebento com sua conquista: o primeiro choro, os primeiros passo parece que também são seus , as primeiras palavras a primeira formatura da pré escola depois.. Distância da adolescia dói em seu peito, mas a presença a de Mãe redobra-se nas orações, das noites, das festas, e agradece a Deus cada retorno do filho ao lar. Depois a transição a fase adulta novamente a calmaria.. O vestibular, as conquistas dos filhos, são vitórias tão suas. Depois o equilíbrio profissional as conquistas. Todas elas compartilhadas e comemoradas como suas.
E de repente o tempo passa e a mãe vira filha.



A fragilidade o cansaço faz com que a mãe fique dependente daqueles que um dia foi fortaleza. E neste momento muitos filhos não aceitam que aquela fortaleza tornou-se frágil e nem todas as lamurias podem ser compartilhadas, mas os mesmos têm que ser forte para tornarem-se mães dos filhos!
È o momento de poupá-la das dores e mostrar para elas o lado doce da vida ajudá-la e ampará-la assim como ela fez com seu filho um dia!

Mensagem psicografa no portal da luz o dia 7 de maio de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário