terça-feira, 23 de abril de 2019

Vivemos uma época limítrofe, uma época em que a próxima encruzilhada pode estar há anos-luz de distância, o que nos leva a crer que hoje é o momento da escolha.





Meu amigo querido, será que você entende o momento em que está vivendo? Entende a magnitude e a grandeza das provas atuais?
Olho para você, com todo meu amor, e confesso que enxergo, ora uma criança, ora um senhor. A criança que mantém o brilho no olhar e a esperança inocente do futuro feliz. Por outro lado, o senhor pessimista, sério e entregue, sentindo-se incapaz e contando os dias para que chegue o fim.
O que eu gostaria, do fundo das minhas emoções, é que você não se prendesse a nenhum desses extremos, meu querido; nem a criança que espera o milagre, nem ao velho à espera do fim.
Entre eles há o jovem consciente e inteligente, que sabe que toda mudança, por menor que seja, exige paciência e resignação.
Imagine então quem cruza o limite entre permanecer estagnado e dar passos importantes para a escalada espiritual. Porque é isso que acontece agora com você. Está exatamente na encruzilhada espiritual e precisa escolher o caminho a seguir.
Eles são resumidamente assim: um deles te manterá na mesma marcha que te trouxe até aqui; um o caminhar lento e despreocupado, uma vida sem grandes transformações; por um lado a calmaria, mas por outro a estagnação.
O outro caminho é o da inconsequência; o caminho que percorrem os que acreditam não haver amanhã; o caminho do imediatismo, o caminho da porta larga. Esse nada te exige no presente, mas nele caminham aqueles que se esquecem que cedo ou tarde terão que voltar recolhendo, um a um, os espinhos distribuídos ao próximo e também a si mesmo. Essa é a nossa única certeza; essa é a Lei, e para ela não há indulgência. Esse é o caminho do atraso.
O terceiro é o que exigirá mais; nele não encontrará facilidades. Haverá subidas íngremes e haverá descidas escorregadias; mas também haverá certeza da missão sendo cumprida e a consciência expandida e orientada, já não cogitará outro modo de caminhar. Esse é o caminho da evolução.
Vivemos uma época limítrofe, uma época em que a próxima encruzilhada pode estar há anos-luz de distância, o que nos leva a crer que hoje é o momento da escolha.
Então decida: ou reclame ou lute pela mudança; ou trabalhe ou se recoste; ou estude ou entregue-se às facilidades das tecnologias vazias; ou se sinta vítima da vida ou seja autor de seus recomeços. 
Sim, meu irmão, pois a vida é feita de escolhas; portanto, não devemos nos acovardar; aliás não devemos e também não podemos, pois essa é a lei.
Sendo assim, não desanime, pois logo tudo entra nos eixos, e o que hoje te parece um sacrifício, amanhã se transformará em benção, pois a consciência tranquila e o coração manso é a maior de todas as riquezas.
Fique na paz e na certeza do amparo constante. Contamos com você. E até lá, muito boas escolhas!
Com amor,
João.

Acordei com uma oração carinhosa que adentrou na minha mente e depois dormi novamente e só acordei junto com minha mãezinha e outros parentes e algumas pessoas que aos poucos fui relembrando quem era todos amores de outrora!

Querida filha




Que Deus te abençoe minha filha
Neste domingo tão especial em que Jesus fez morada definitivamente em nossos corações. Aqui estou eu dando meu recado de mãe, avó que tem ainda muitas saudades de todos vocês.
Hoje passei pela nossa casa depois de tanto tempo para matar a saudades de todos vocês, das vizinhas amadas e de você filha querida que não se esquece de mim em suas preces e desta casa de amor que um dia me acolheu com o meu corpo físico e hoje me acolhe com o meu corpo espiritual.
A saudade é grande ainda, mas aos poucos vou aprendendo a me desligar, como diz os nossos mestres aqui, a fazer q lição do desapego e quando entendemos que passamos por aí, usamos um corpo como ferramenta por uns anos para evoluir e que vocês são companheiros de caminhada, que outros tantos já passaram por nós e outros tantos ainda vão passar, parece que fica muito claro, pois entendemos o verdadeiro significado, que na verdade somos todos irmãos filhos de Deus e que nada nos pertence nem os filhos que geramos
Apenas o que nos pertence é o amor que aprendemos a semear dentro dos nossos corações
Aquele amor do nosso amado Jesus que cultivou em nós esta sementinha valorosa!
Queria te dizer uma coisa filha, nem pense que sofri alguma dor durante o meu desencarne.
Foi tudo como um sono gostoso que deu quando eu estava a tricotar as linhas e o zig zag da agulha diferente ficou enorme e eu entrei naquele zig zag
Nem entendi muito bem porque depois eu dormi
Acordei com uma oração carinhosa que adentrou na minha mente e depois dormi novamente e só acordei junto com minha mãezinha e outros parentes e algumas pessoas que aos poucos fui relembrando quem era todos amores de outrora!
E é assim nesse zig zag a gente vai e vem até quando precisar.
Aqui estou eu bem leve que nem sei explicar direito, só sei que é muito bom poder ter movimentos tão ágil de novo e é tudo diferente mas aos poucos estou aprendendo.
Medo da morte? Nem deve ter porque aqui é bom se não fosse o danado do apego. Mas sigo feliz e quero que vcs continuem felizes deste lado!
Amo vocês e um forte abraço para todos vocês
Jandira

Por isso mãe, não se preocupe comigo, eu estou bem mesmo, quero muito que se preocupe com você, com os seus sentimentos, com o seu amor. Não fique triste, porque a tristeza não deixa você ver as coisas lindas que tem ao seu redor.




Passam os anos, mas a saudade ainda não passou, não é mesmo mãezinha! Foram momentos difíceis para todos nós no início, até entender o que se passou, confesso que no início foi meio complicado para mim também porque eu não esperava tamanho impacto, mas eu não sofri dores físicas, nenhuma! Quando acordei já estava em um hospital e perguntei de vocês, mas depois veio a notícia e me explicaram tudo!
Aos poucos fui me restabelecendo e o que mais me fortaleceu foram as orações a mim endereçadas, foram como  bálsamo para a minha alma. Com o tempo, fui tomando gosto por esta vida.
Sinto que aqui é muito leve e suave, as coisas acontecem de maneira diferente, o tempo, o espaço, é tudo muito mais leve e muito mais claro também.
Sei que ainda sofre, porque não entende a grandeza de tudo que aconteceu. Ah mamãe, é tudo muito diferente daquilo que pensamos, aqui estamos dispostos e sabemos das muitas outras vidas, o que fizemos e o que nos arrastou para tantos outros acontecimentos.
Estamos aí na Terra como se tivéssemos dormindo, alheios a tantas coisas que precisamos ainda conhecer. A maioria das pessoas vivem como se nunca fossem retornar para casa. Eu digo isso porque aqui realmente é a nossa casa. Talvez ache estranho eu falar tudo isso, não é mesmo? Mas aqui  crescemos de verdade, porque aqui vamos tendo noção das verdades que um dia nos disseram, mas não entendemos direito.
Por isso mãe, não se preocupe comigo, eu estou bem mesmo, quero muito que se preocupe com você, com os seus sentimentos, com o seu amor.
Não fique triste, porque a tristeza não deixa você ver as coisas lindas que tem ao seu redor. As pessoas boas que convivem com você. Observe mais o belo, o momento, porque em breve tudo isso fica e você nem curtiu.
Eu passei, assim como todos nós iremos passar um dia e retornaremos pra cá! Mas tudo no seu exato momento, tudo na sua hora. Não devemos apressar este momento, para que ao chegarmos aqui não tenhamos uma surpresa.
Mãe, fique bem porque o meu coração está feliz por te dar novamente o meu recado. Agora bem mais maduro e com muito mais conhecimento que antes. Te amo! 
Abraços a todos vocês.

Mensagem psicografada em 17/03/2019 no C.E. Portal da Luz

Filha , é tão bom ouvir a brisa de um comentário bom quando falam bem da gente aí eu falo brisa, porque chega como uma brisa dentro dos nossos corações e a gente chega suspirar de tanta felicidade. Vejo algumas vezes também alguns companheiros receberem comentários ruins, aí é triste de ver as lágrimas caindo. Por isso meus filhos passem pela terra deixando coisas boas para sempre sentirem a brisa do amor que aí deixaram.






Filha, se eu disser que não sinto saudades, estaria mentindo! Ainda sinto muitas saudades. Sei que vem no momento certo, estava na minha hora, mas eu queria ficar mais um pouquinho, mas não pense que estou mal aqui! Eu estou bem, saudável, sem dor, rodeada de parentes chegaram antes de mim e de Muitos amigos. Mas esta mãe continua a “galinha choca”, amando os seus filhos, é claro que não sou nenhum anjo que tem condições de atender pedidos, porque ainda estou em recuperação e aprendizado, porque aqui a gente começa tudo de novo os aprendizados, desde andar, enxergar, conversar tudo diferente daí. Aqui a gente não pode ficar Pensando muito, tenha que fazer logo. Difícil explicar tudo, só sei de uma coisa, estou aprendendo aos poucos está sendo bom.
Filha , é tão bom ouvir a brisa de um comentário bom quando falam bem da gente aí eu falo brisa, porque chega como uma brisa dentro dos nossos corações e a gente chega suspirar de tanta felicidade. Vejo algumas vezes também alguns companheiros receberem comentários ruins, aí é triste de ver as lágrimas caindo. Por isso meus filhos passem pela terra deixando coisas boas para sempre sentirem a brisa do amor que aí deixaram.

Esta era a minha mensagem. Os mestres me pediram para dar um bom recado, eu acho que era isso a principal coisa que eu tinha pra dizer, além de dizer que te amo muito e amo todos vocês. Aurora

segunda-feira, 15 de abril de 2019

e nós não fizemos o suficiente, mesmo que essa suficiente fosse o mínimo, o que ficou também ficará com esse sentimento: será que fiz o suficiente? E o suficiente sempre será muito pouco ao nosso ver. Somos todos responsáveis pelas nossas atitudes.




Nossa vida é um sopro mesmo que vivido 80 ou 100 anos, nós somos eternos e a eternidade nos faz seres perfeitos E perfeito seremos quando conseguirmos viver o amor na sua plenitude. 
Vivam, vivam com amor, vivam bem. 



Quando deixamos o plano material recordamos toda a nossa existência e somos recebidos por amigos e parentes com tanto amor, um amor que nos é difícil explicar e tudo em nós se ilumina. Há, há sim sofrimento, O sofrimento do arrependimento de ter feito pouco, de ter vivido pouco, não ter aprendido mais sobre a vida.

Mas há também a gratidão. Ha também um bom sentimento do que foi vivido, dos momentos que nunca esquecemos e que vivemos guardado e sorvendo a cada alegria, Cada emoção.

A vida é belíssima quando vivida com responsabilidade e com amor, amor pela natureza, amor por Deus, amor pelos amigos e familiares. Dizer: arrependimento existe? Sim. Sempre existirá a da parte de quem sai e da parte de quem fica. Pois se nós não fizemos o suficiente, mesmo que essa suficiente fosse o mínimo, o que ficou também ficará com esse sentimento: será que fiz o suficiente? E o suficiente sempre será muito pouco ao nosso ver. Somos todos responsáveis pelas nossas atitudes.

Então mesmo que pouco ou muito, o mais importante é fazer com amor, é fazer valer a pena cada dia, cada minuto.

Nossa vida é um sopro mesmo que vivido 80 ou 100 anos, nós somos eternos e a eternidade nos faz seres perfeitos E perfeito seremos quando conseguirmos viver o amor na sua plenitude.

Vivam, vivam com amor, vivam bem.

Um abraço.

Elizabeth

A felicidade é o que tem que ser natural. Fomos criados e educados para a dor e precisamos urgente mudar esse quadro que ainda está presente no caminhar da humanidade.



Avante filhos da luz. Semeadores do amor, não esmoreçam na angústia e nem se demorem na tristeza. Já conhecem o mecanismo para pular imediatamente para as altas vibrações então usem! Ensine o irmão a utilizar até todos sermos luz, até todos sermos amor. Pois assim é o destino da terra. 

Entre tantas caminhadas, entre idas e vindas passamos por estradas que nos fazem entender a grandiosidade da nossa existência, caminheiros que somos precisamos avançar para o alto afim de entender o nosso propósito. São tantas indagações que atormentam, mas mesmo sem a resposta exata é preciso ter a certeza que os que mais nos impulsionam são sentimentos que nos fazem deslizar na leveza de uma existência pautada no amor, na alegria e na paz que nos faz refletir o quanto precisamos amar.

Somos únicos, mas ao mesmo tempo estamos unidos por laços que nos impulsionam para luz. Fios que precisam sere iluminados e fortalecidos com bons sentimentos. E é a certeza de que um dia esse planeta irá ser luz que nos dá força e tranquilidade para caminharmos mesmo entre tempestades ! Pois são as pequenas sementes de luz que irá expandir e renascer Uma terra melhor. Não podemos demorar na dor, pois a luz é o destino de todos.

A felicidade é o que tem que ser natural. Fomos criados e educados para a dor e precisamos urgente mudar esse quadro que ainda está presente no caminhar da humanidade.

É preciso sair da condição de vítima, de algoz e de julgador e caminhar!

Demorar na dor é perder o precioso tempo do amor e de todos os outros sentimentos que dele advém.

É preciso buscar alegria, paz, e benevolência, primeiro para o seu eu interno, depois para com outro.

Quando entendermos que a doação verdadeira se dá após o transbordar, todos seremos felizes!

Avante filhos da luz. Semeadores do amor, não esmoreçam na angústia e nem se demorem na tristeza. Já conhecem o mecanismo para pular imediatamente para as altas vibrações então usem! Ensine o irmão a utilizar até todos sermos luz, até todos sermos amor. Pois assim é o destino da terra.

Saulo

Estão retornando nas delícias dos lugares que um dia foram expulsos! São merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior, de mais belo . E na certeza de tudo isso, vão espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que remetem a prisão.

São  merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior ede  belo . E na certeza de tudo isso, vão  espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que  remetem a prisão.



Imbuídos no amor infinito que nos entorpece nesta noite, aqui estamos com vocês, embevecidos nos ensinamentos que aos poucos vamos nos empoderando e também entendendo as verdades do despertar.  Planeta prisão!  aos poucos abre as algemas e as suas celas e seus filhos retornam ao Jardim de Éden

Estão  retornando nas delícias dos lugares que um dia foram expulsos!
São  merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior, de mais belo . E na certeza de tudo isso, vão  espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que  remetem a prisão.

Libertem-se, filhos da luz! Libertem-se dos sentimentos que já causaram tantas dores, que fizeram julgados e julgadores, libertem-se das amarras da dualidade, que enfurece o seu pensar e lhes trazem indignações infrutíferas a ponto de verterem lágrimas e doer seu coração. Vocês não merecem mais isso! Basta! olhem  para o seu coração que já sofreu dores e  não quer mais martírios! Chega de  caminharem pelos   mesmos  caminhos de outrora  amarrou sua história e retrocedeu o seu  caminhar.

Estão  retornando nas delícias dos lugares que um dia foram expulsos!
São  merecedores sim! de tudo que existe de melhor, de maior, de mais belo . E na certeza de tudo isso, vão  espalhando alegrias e amorosidade por onde caminharem , destravando algemas, rompendo grades de culpas, de desamores e sentimentos que  remetem a prisão.
Sofrimentos  não pertence mais a  história de vocês.  Já possuem a caneta e o papel de belíssima qualidade para escreverem uma nova  história.
 Hoje é dia em que a luz comemora o retorno  do seus filhos ao jardim de Édem.


Estamos em festa, o diálogo preliminar que tiveram acordou também uma grande plateia no mundo dos espíritos, que entendeu o quanto de amor é preciso para ser feliz, despertou consciências que ainda dormiam na angústia da culpa e da espera dos resultados do sofrer.

Avante filhos da luz!

Não temos mais tempo para derrapar nos lamaçais da lamúria e da culpa.

Sigamos!

Saulo